Arquivos

Votação
 Dê uma nota para meu blog

Outros links
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis




Blog de belbruno
 


O escritor
 
Havia um quê na história, que nunca consegui decifrar.
Um tanto de lenda, um tanto de mito, aquela mania
de misturar o real e o imaginário....
 
Belvedere Bruno
 
 
Diante de suas narrativas, sentia-me vazia de vida.  Enriqueceria  o seu dia-a-dia com a força da   imaginação de escritor?  Assim pensando,  conseguia me  conformar  com   aquela   eterna sensação de viver em câmera lenta. Como tudo podia ser tão efervescente na vida daquele homem?
 Por  vezes , os fatos  soavam  até inverossímeis, mas sentia que, para ele, era vital  aquela dose extra de adrenalina que o processo de criação lhe proporcionava. Narrando,  ele acreditava, e aí estava a força dos fatos.  Sentia que não havia mentira, ao menos da forma convencional . Criando,   roteirizava  a vida, o   que o  tornava um   ser incomum.   Fazia-me  sentir novos  sabores, ver   matizes inimaginados,  aspirar aromas  inebriantes.     Mas onde estaria a realidade naquele mundo que  parecia delirante e,  nem por isso, menos encantador?  
  Subitamente, me vi fora de prumo.  Na   mente , um emaranhado de idéias desconexas.  Tateando, busquei   bússolas...
O  ponto final foi inserido no contexto por conta da  minha total  falta de habilidade em separar o mundo real daquele mundo  colorido de faz-de-conta. Não tinha, como o escritor, o dom de viver em universos paralelos. Disse-lhe  adeus .  Um adeus sem cores e  fantasias. 
                                                      Voltei, então,  a viver em câmera lenta.
 


Escrito por belbruno às 15h46
[] [envie esta mensagem
] []



 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]